Plano de saúde que negar cobertura pode ser multado ou suspenso

As regras para os planos de saúde vão ficar mais rigorosas. Os planos que receberem reclamações por negar cobertura aos clientes poderão ser multados e, até mesmo, suspensos.

Os novos critérios para monitoramento das operadoras foram divulgadas nesta quarta-feira (24) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Até então, a ANS considerava em sua avaliação apenas o cumprimento dos prazos de atendimento para consultas, exames e cirurgias.

As operadoras de planos de saúde vêm sendo monitoradas pela ANS desde dezembro de 2011, que verifica se são cumpridos os prazos máximos para marcação de consultas, exames e cirurgias.

Ao longo deste período, foram suspensas temporariamente a comercialização de 396 planos de 56 operadoras.

As operadoras que não cumprem os critérios definidos pela ANS estão sujeitas a multas de R$ 80 mil a R$ 100 mil para situações de urgência e emergência. Em caso de reincidência, a agência pode suspender a comercialização de uma parte ou de todos os planos dessa operadora.

Primeiro trimestre de 2013

A ANS divulgou, também nesta quarta, seu quinto relatório de monitoramento das operadoras, referente ao período de janeiro a março de 2013. Nesse período, foram recebidas 13.348 reclamações de usuários de planos de saúde.

Como a agência decidiu mudar os critérios de avaliação dos planos, tornado o processo mais rigoroso, desta vez nenhum plano terá sua venda suspensa.

 

Fonte: http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2013/04/24/plano-de-saude-que-negar-cobertura-pode-ser-multado-ou-suspenso.htm

Related posts:

  1. Compra de plano de saúde não deve ser feita por impulso, alerta ANS
  2. Cobertura de planos de saúde no Brasil chega a 25% da população

Still quiet here.sas